Descrição das Unidades Curriculares

Direitos Humanos e Movimentos Sociais

 1º Semestre

 

Teorias e Métodos em Antropologia (obrigatória)

Docente: João Leal

Caminhos da teoria antropológica: onde estávamos e onde estamos. A antropologia contemporânea. Entre o local e global: uma antropologia situada. A multiplicação dos tópicos de análise: uma antropologia diversificada. Novos diálogos inter-disciplinares: uma antropologia aberta. Cultura, sociedade e política: uma antropologia crítica. Os futuros da teoria antropológica: entre a inovação e o retorno crítico aos clássicos. Dos desafios teóricos aos desafios metodológicos: novos objectos e novos terrenos. O método etnográfico hoje: desenho de pesquisa e trabalho de campo. Etnografia e teoria: o lugar da comparação.

 Antropologia e Movimentos Sociais (obrigatória)

 Docente: Paula Godinho

 Resistência e movimentos sociais, um estado da questão. Questões de teoria e métodos. O papel da memória na abordagem dos movimentos sociais. Cultura e poder. O papel das redes e dos agentes sociais. Contextos e conjunturas. Acção colectiva, repertórios de resistência e ciclos de protesto. Movimentos sociais em processo: a antropologia e a história. Questões globais, movimentos locais e fluxos. Mudanças sociais, clivagens políticas e acção colectiva. Questões de organização, repertórios e fases. Resistência: entre a infrapolítica e a forma expressa, o registo público e o registo escondido. Dimensões simbólicas e edificação das identidades: as lutas e os ritos

 Antropologia e Organizações (opção condicionada)

Docente: Margarida Fernandes

Pretende-se proceder à análise de vários tipos de organizações e a forma como se estruturam e intervêm nas mais diversas esferas da vida social. Entre os pontos abordados contam-se o papel da ideologia nas organizações; principais organizações transnacionals e seu papel na economia e na sociedade; participação de antropólogos e outros cientistas sociais em organizações.

Usos da Cultura (opção condicionada)

Docente: Filomena Silvano

Formulações e debates antropológicas em torno do conceito de cultura. Fora da academia, apropriação e instrumentalização do conceito de cultura:  identidades nacionais, regionais e locais e cultura; migrações, nacionalismo e cultura; construção e negociação de etnicidades e cultura; patrimonialização e cultura; produção de arte contemporânea e cultura; consumo e cultura. Especialistas da cultura e intermediações.

 

 2º semestre

 Direitos Humanos e Novos Humanitarismos (obrigatória)

 Docente: Maria Cardeira da Silva

 Direitos Humanos na História. Genealogia dos Direitos Humanos. As diferentes «gerações» dos direitos humanos. Direitos Humanos e Antropologia: Universalismo vs Relativismo, Direitos Colectivos vs. Direitos Individuais. Direitos Humanos e Relações Internacionais: «The Clash of Civilizations» e os novos mapeamentos do Mundo. Direitos Humanos e Género. Direitos Sexuais e de Reprodução. Feminismo e retóricas da ‘salvação das mulheres’. Direitos Humanos, sofrimento e mobilidade. Antropologia dos refugiados. Direitos Humanos e Movimentos indígenas. Cultura e Propriedade Intelectual.

 Antropologia da Saúde (opção condicionada)

Docente: Maria Quintela

 Perspectiva histórica e abordagens teóricas Etnomedicinas: pluralidade e diversidade. A relação saúde, cultura e sociedade Sistemas e práticas terapêuticas: diálogos e debates entre a biomedicina a as ‘medicinas alternativas’. Migrantes, religião e saúde. Doença, dor e sofrimento. Corpos ‘doentes’ e ‘saudáveis’. Estados de aflição e morte

Antropologia do Ambiente (opcional condicionada; a confirmar)

Docente: Amélia Frazão Moreira

Na disciplina são abordados conteúdos teóricos e estudos de caso, referentes aos seguintes temas: Antropologia e ambiente. Conceitos base e precursores. Saberes ecológicos, cosmologias e representações sociais do ambiente. Etnoecologia. Sistemas económicos, diferenciação social e gestão local dos recursos biológicos. Os estudos e os instrumentos metodológicos das Etnobiologias aplicados à conservação da natureza. A questão dos conhecimentos associados aos recursos genéticos. Bioprospecção, biopirataria e direitos de propriedade intelectual. A análise da cultura letrada ambientalista. Os discursos e as práticas ambientalistas como objecto da Antropologia. Planeamento, execução e avaliação de programas de preservação e conservação do ambiente, numa perspectiva antropológica.

Antropologia do Desenvolvimento Local (opção condicionada)

 Docente: Adolfo Yáñez Casal

 Macro-teorias sobre a problemática do desenvolvimento-subdesenvolvimento. As correntes liberais e neo-liberais. As correntes historicistas e neo-marxistas. Os novos conceitos e paradigmas. A perspectiva antropológica do desenvolvimento. Pressupostos teóricos e metodológicos. Avaliação de estereótipos, teorias e representações antropológicas sobre o desenvolvimento. Virtualidades heurísticas de uma socio-antropologia do desenvolvimento-mudança social. O desenvolvimento como objecto de investigação antropológica. Actores e lógicas. Actores e estratégias. Instituições e constrangimentos. Investigadores e técnicos. Avaliação de projectos. Temas complementares. Ecologia e desenvolvimento. Género e desenvolvimento. Património e desenvolvimento. O papel das ONG’s no desenvolvimento. Valores locais e desenvolvimento. Estado e o desenvolvimento rural. Estudo de casos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: